Sobre os noivos

Era Carnaval...

Quem disse que grandes amores não nascem no Carnaval?

Pois foi assim que aconteceu.

Rio 40 graus, bloquinho fervendo, a praia estava lotada e nossos olhares se cruzaram no meio da multidão, foi amor à primeira vista. 

Mas todo Carnaval tem seu fim e a quarta-feira de cinzas chegou, era hora dela retornar para São Paulo e ele permanecer no Rio.

Mas a saudade não bastou, precisávamos nos reencontrar, foi aí que a ponte aérea se tornou constante em nossas vidas. 

Entre idas e vindas um ano se passou, ele pediu sua mão em casamento e resolveram morar no Rio de Janeiro.

Chegou a hora de formalizarmos essa união, o nosso casamento!